Ser sócio da APIO - Associação Portuguesa da Indústria de Ourivesaria custa apenas 10 euros mensais

2017-08-17

36.271 €/g

0.5009 €/g

Área de Sócios

Newsletter

Notícias

World Gold Council: O ouro num mundo de taxas de juro negativas

2016-04-04 04:21:33

Os investidores devem duplicar as suas alocações de ouro no atual cenário de taxas de juros negativas
 

Entramos numa nova fase e sem precedentes na política monetária. Os bancos centrais na Europa e no Japão têm implementado políticas de taxas de juros negativas para neutralizar pressões inflacionárias e, em alguns casos, a apreciação da moeda. Neste contexto de grande incerteza nos mercados, o preço do ouro acabou a valorizar já durante este ano 16% – em parte devido às taxas de juro negativas.

Os investidores, incluindo os presidentes dos bancos centrais, devem avaliar as implicações dos títulos de exploração com expectativas de retorno negativos na composição do portfólio e gestão de riscos.

A seguinte análise mostra que:
• Os retornos do ouro em períodos de preços baixos são historicamente duas vezes superiores à sua média de longo prazo;
• Os investidores podem beneficiar aumentando as suas explorações de ouro mais de 2,5 vezes, dependendo do mix de ativos, mesmo debaixo de estimativas mais conservadoras para o ouro.

Além disso, espera-se que a procura do ouro possa aumentar como um ativo de portfólio enquanto vigorarem taxas de juro negativas:
• Reduz o custo de oportunidade de manter ouro
• Limita o grupo de ativos em que alguns investidores iriam aplicar os seus recursos
• Desgasta a fiabilidade e a confiança nas moedas
• Aumenta ainda mais a volatilidade do mercado e a incerteza.

 

©2017 APIO - Associação Portuguesa da Indústria de Ourivesaria . desenvolvido por citricweb.pt